A roça é um sonho

Eu quero chamar o sonho de encantamento. Aquela luz mágica que aparece iluminando a cena. Eu quero um sonho de roça. E roça é aquele lugar que tem misturado um pouco da natureza não mais tão selvagem com um pouco de gente menos selvagem também. Tem roça que tem galinha, vaca, cavalo. Sempre tem passarinhoContinuar lendo “A roça é um sonho”

Minha casa tem quintal

Minha casa tem quintal onde passeia o colibri. Onde passeiam as abelhas e passeia o meu olhar. Minha casa tem cachorros que pulam em cima da gente, pulam em cima de todos, e lambem e latem desgovernados. Que amo e me amam de uma forma impressionante. E minha casa tem dois gatos que dormem preguiçososContinuar lendo “Minha casa tem quintal”

Tempo do Voo

Tem um momento na vida que a gente aprende a colocar paraquedas ao invés de deixar de saltar das alturas. A queda livre interminável, estonteante, desvirginal. A energia da terra entrando por suas narinas involuntariamente, afogando um pouco, quase morte. A vida vira de ponta-cabeça. Gira. Torna a girar. Enjoo. Vertigem. E por fim, oContinuar lendo “Tempo do Voo”